Diferença entre RH e Departamento Pessoal

Qual a diferença entre RH e Departamento Pessoal

Você sabe qual a diferença entre RH e Departamento Pessoal? Essa dúvida é muito frequente e, mais frequente ainda, é…

 | 

Você sabe qual a diferença entre RH e Departamento Pessoal?

Essa dúvida é muito frequente e, mais frequente ainda, é a confusão que há entre esses dois setores, já que ambos lidam com o capital humano das empresas.

Contudo, são setores com certas distinções, que cumprem tarefas, que, podem estar interligadas ou não.

Além disso, entender a diferença e as atribuições de cada setor possibilita uma gestão funcional mais eficiente.

Fato é que ambos exercem papel de extrema importância nas corporações, tanto no nível operacional quanto no estratégico. Desse modo, eles são vistos hoje em dia como de grande importância para alcançar os objetivos do negócio.

Afinal, qual a diferença entre RH e Departamento Pessoal?

De modo geral, o RH (Recursos Humanos) é uma área com maior enfoque na gestão estratégica de pessoas.

Portanto, é o setor que se ocupa desde o recrutamento e contratação de funcionários, até estratégias de retenção de talentos e treinamento contínuo dos colaboradores.

Já o Departamento Pessoal exerce atividades mais operacionais, relacionadas à tributação, obrigações previdenciárias, cumprimento das legislações trabalhistas, folha de pagamento, cálculo de dias trabalhados, validação de dados na Carteira de Trabalho e Previdência Social, dentre outros.

Devido a essas atribuições, o Departamento Pessoal é o setor responsável por cumprir as principais tarefas no eSocial – plataforma online do Governo que centraliza a entrega de obrigações trabalhistas.

Resumidamente, o Departamento Pessoal é responsável pela parte burocrática e mais operacional, enquanto o RH atua na parte mais tática.

Ambos devem atuar de maneira interligada, oferecendo bases sólidas para ações efetivas, reduzindo riscos de falhas e, claro, de irregularidades trabalhistas.

Atribuições do RH

Para determinar a diferença entre RH e Departamento Pessoal, é importante também conhecer as atribuições de cada setor.

Dentre o escopo de atribuições do departamento de Recursos Humanos, tem-se:

Processo de recrutamento e seleção:

Embora a parte burocrática da contratação fique por conta do Departamento Pessoal, cabe ao RH lançar mão de estratégias e cumprir as diferentes etapas envolvidas no recrutamento e seleção.

Desse modo, deve mapear as necessidades da empresa, descrever e divulgar as vagas, bem como se ocupar da pré-seleção, das entrevistas e da decisão.

Esse processo normalmente ocorre em conjunto com o Departamento Pessoal.

Onboarding e integração de novos funcionários:

O processo não deve se encerrar no momento da contratação. Em seguida, o RH será responsável por “familiarizar” os colaboradores e ajudá-los a captar a dinâmica do trabalho.

Desenvolvimento dos colaboradores

Outra atribuição de extrema importância, muito valorizada hoje em dia, diz respeito aos treinamentos dos funcionários.

Portanto, é função do RH preparar ou encaminhar cursos, workshops, mentorias e afins, visando o desenvolvimento profissional da equipe — especialmente quando se quer preparar funcionários para cargos mais elevados.

Clima organizacional

Cuidar do clima organizacional da empresa é outro desafio enfrentado pelo RH. O objetivo, aqui, deve ser tornar o local um ambiente favorável ao desempenho e à produtividade.

Algumas formas de se fazer isso é através de pesquisas de satisfação, para identificar possíveis problemas e traçar estratégias para solucioná-los.

Planos de carreira

Oferecer aos colaboradores a oportunidade de administrarem suas carreiras e mostrar para eles, a possibilidade de evoluir na empresa.

Avaliação de desempenho

Mensurar o desempenho da equipe e o desempenho individual para tornar as rotinas de trabalho mais eficientes.

Retenção de talentos

Desenvolver formas de diminuir o turnover (rotatividade de funcionários) e garantir que os talentos permaneçam na empresa, oferecendo-lhes segurança e oportunidades de crescimento.

Atribuições do Departamento Pessoal

Já as atribuições do Departamento Pessoal incluem:

Admissão de profissionais

Após o RH realizar o processo de recrutamento, o Departamento Pessoal deve se encarregar do processo burocrático da contratação.

Folha de pagamento

Outra tarefa do Departamento Pessoal é gerir as folhas de pagamento, contracheque (também conhecido como holerite), calcular DSR, férias, horas extras, dentre outros recebíveis.

Controle de banco de horas e jornada de trabalho

Cabe a este setor controlar os dias de trabalho, bem como as faltas, os atrasos, as horas extras cumpridas e o banco de horas, quando aplicável — tudo isso para que o colaborador receba de forma correta e a empresa não descumpra as leis trabalhistas.

CTA: Tron Ponto Eletrônico – Conheça a solução da Tron que registra ponto da equipe de forma integrada e eficiente

Controle de benefícios

Além do salário-base, muitas empresas pagam outros benefícios, como vale-refeição, vale-alimentação, vale-transporte, dentre outros.

Desse modo, cabe ao DP gerir o pagamento e distribuir esses benefícios aos colaboradores.

Além disso, muitas empresas arcam também com planos de saúde, planos odontológicos, presentes de aniversário, promoção — e tudo isso perpassa pelo Departamento Pessoal.

Desligamento de funcionário

Por fim, cabe ao DP fazer os cálculos de tributos e recebimentos que o colaborador tem direito ao ser desligado da empresa.

Como aperfeiçoar a gestão do Departamento Pessoal e do RH?

Tanto o RH quanto o Departamento Pessoa exercem funções vitais para todas as empresas com funcionários.

Sem a operação e estratégia desses setores, a organização funcional é muito mais complexa e difícil.

No entanto, existem formas de aperfeiçoar, otimizar e melhorar a atuação de ambas as áreas.

Uma delas é a automação dos serviços. Com o Tron Connect, por exemplo, é possível integrar e centralizar o Departamento Pessoal, colaborador e contador, resultando em uma gestão muito mais eficiente e com menos retrabalho, já que as informações são centralizadas.

Além disso, ter acesso a um sistema integrado minimiza as chances de pagar multas e encargos por atrasos ou informações erradas, por exemplo.

Já o Ponto Eletrônico da Tron é uma solução completa que realiza o registro eletrônico das frequências dos empregados, permitindo trabalhar com várias formas de horários, além de realizar integração com sistemas de folha de pagamento.

As equipes externas ou que trabalham em regime de home office, por exemplo, podem utilizar o Ponto Remoto.

Para gerenciar tudo isso eficientemente, o TGC – Tron Gestão Contábil — é o combo para contadores e empresas que querem automatizar suas tarefas e obrigações, economizando tempo e ganhando ainda mais produtividade nas rotinas operacionais.

CTA: Clique e conheça o TGC – Tron Gestão Contábil – Solução completa da Tron para contadores e escritórios contábeis!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *